segunda-feira, 8 de setembro de 2014

não há noite

Não há noite                                porque há luz

lâmpada
vagalume         estrelas nos teus olhos          brilhos estelares


          a noite é breu    e não sou eu

eu não é ego   ego é seu

           luz de dentro    luz de esperança    luz ativada  luz pulsada


sou dia   sou luz   sou vida  sou eu

Sem comentários: